10/30/2010

Dificuldades do "Idioma Inglês"

Problemas com o Idioma

Precisamos aprender inglês!

Nos últimos tempos, com a globalização e a informática a frase acima ficou muito nítida em nossa mente. No entanto, uma pergunta que poucos fazem é qual inglês eu quero aprender? Essa pergunta é tão importante e tão ignorada pela maioria dos estudantes do inglês, que acaba desmotivando e complicando a vida de milhares de aprendizes da língua inglesa

O aprendizado de um idioma consiste em aprender as regras gramaticais, sua função sintaxe etc. e apreender a fala da língua consiste em aprender a se comunicar.
Estes dois tipos de aprendizados de um idioma tem focos de aprendizagem diferentes e um não contribui para o aprendizado do outro.
Se você aprende à gramática, você poderá se tornar um grande escritor da língua inglesa, mas acredito que você terá muita dificuldade para ter fluência verbal, ouvir e falar fluentemente.

Aprender a língua escrita é o objetivo das escolas. Todo estudante aprende verbo, pronome, preposições, vocabulário(palavra isolada do contexto) e a estrutura frasal, afirmativa, negativa, e interrogativa etc... Isso bem aprendido pode contribuir para o aluno ser um grande escritor ou um grande leitor”para si próprio”, pois poderá entender a parte escrita, mas isto não contribui para o aprendizado da língua falada

Muitos estudantes de inglês se frustram e abandonam os estudos porque conhecem muito vocabulário, conhecem a estrutura gramatical, mas não conseguem se comunicar, ora não entendem nada do que os outros falantes estão pronunciando, ora não conseguem serem entendidos pelos outros falantes da língua.

Se você que quer realmente aprender o inglês você terá que simplesmente ouvir. Ouvir, ouvir, ouvir.... Sério! Nós aprendemos a falar o português porque alguém falava e nós ouvíamos. Ouvimos por vários meses até anos para depois balbuciar uma ou outra palavrinha, não é? E às vezes errada!
É assim também com o inglês, com o espanhol, o japonês etc... Nós só aprenderemos uma língua falada se nós aprendermos ouvir. Depois de ouvir muito talvez vamos pronunciar alguma coisinha “erradamente”, mas se persistirmos aprenderemos o correto.


Um abraço.

Um comentário:

Postagens populares

Sadosati

Venham fuxicar conosco...
Dê sua opinião...

Postagens populares

Pesquisar este blog